sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

ainda não é o fim...

Se eu ganhei, sinceramente não sei.
Ganhar pra mim é algo que fica, se possível pra sempre.
Algo que vai e não fica, eu apenas tive.
Não sei direito como foi que tudo aconteceu, descobri quase por acaso, conheci e me vi aqui.
Acreditei demais, falei tudo, me empolguei demais, me mostrei toda, sem nenhum pudor.
Mostrei tudo, briguei, me entreguei sem medo.
Amei demais, sem nenhum receio.
Esperei demais, até chorei, mas fiquei.
Agora vou.
Não vou inteira, mas vou.
Só um pouco,
Sem rancor,
Sem nenhum pavor,
Um pedaço de mim fica.
Estarei ali, logo ali.
Nem tanto aqui, estarei bem pouco.
Por você,
Que me viu de verdade,
Que me amou porque quis,
Que não me perdeu,
Que me conheceu,
Que nem entendeu, e nem se importou.
Estarei aqui,
Pouco,
Um pouco,
Nem sempre,
Mas virei,
Por você,
Por enquanto,
aind

Carla Pianchão

Um comentário:

Serões da Inês disse...

sem comentários, pois se calhar falaria o que não posso...