sábado, 12 de dezembro de 2009

Desejo que você tenha um Natal!

Vou ficar torcendo pra você conseguir ler o meu texto, que fiz pra você, com tanto carinho, até o final... por favor, não desista no meio do caminho!

Nesta época de Natal, todo mundo fica por aí, desejando só maravilhas, com se bastasse desejar.
Por mais que digam que as palavras tem poder, e eu até acredito que tenham, não dá pra ficar de braços cruzados achando que tudo vai se realizar, no ano que vai nascer.
Claro que eu também desejo que tudo seja como nos contos de fada, como nas estórias de final feliz, mas a gente sabe que não é bem assim, não é porque está chegando o natal que tudo vai se resolver.
Para com isso!
Se o seu filho perdeu o ano na escola, não tem mais jeito, se o seu marido foi embora, pode até ser que ele volte neste natal pra ver as crianças, mas não fique animadinha demais, nem vá se endividar comprando aquele vestido caríssimo, porque com certeza, depois que todo esse clima de festas passar, ele vai embora de novo.
Se acabou de descobrir, que sua mulher não é tudo aquilo que você imaginava, e se está pensando em pular fora, por favor, não custa nada deixar o natal passar, afinal não é porque você descobriu que Papai Noel não existe que tem que descambar com tudo de uma só vez.
Se está cheio de contas pra pagar, não vá encher o saco do pobre do Papai Noel, com problemas, afinal se você gastou mais do que podia, quem tem que dar um jeito nisso é você. Tente renegociar sua dívida e vê se da próxima vez, não gaste mais do que tem.
Desejar que todos os seus sonhos se realizem, vamos combinar que é um pouco demais, eu posso até torcer e pedir com muita fé, que você realize alguns dos seus sonhos, mas já vou avisando que carro importado viajem de férias em Paris, muito dinheiro no bolso, homem carinhoso, mulher que fala pouco, e ainda saúde pra dar e vender, é sonho. Isso nem é ser sonhador, é ser muito cara de pau.
No máximo, eu posso desejar e esperar sinceramente que você consiga, pagar sua dívida na mercearia da esquina, quitar de vez o financiamento do seu carro, e ter muita saúde pra você e sua família, acho que já está de bom tamanho.
É claro que eu não quero acabar com a festa de ninguém, e quero de verdade, que o seu natal seja pra lá de legal, mas não adianta ficar se iludindo, nem ficar andando pela casa, feito louco, repetindo aquelas frases de afirmações positivas, que você leu naquele livro de auto-ajuda, indicada pela sua vizinha, e achar que basta.
Sinto muito em te informar em plena véspera de natal, que a vida é bela, mas se você não fizer sua parte meu amigo, a vida pode virar uma fera, e te engolir inteiro.
Mas não se assuste, porque pra tudo tem um jeito.
Levante-se já daí, e mexa-se, faça alguma coisa para mudar o que não estiver bom. Pare de se lamentar.
Chute o pau da barraca, tenha coragem e enfrente a vida com garra.
Mude de emprego, de mulher, de marido, de cidade, sei lá, faça alguma coisa.
Mas não precisa ser agora, deixe passar o natal, aproveite bastante, coma o seu pernil tranqüilo, beba um vinho com moderação, e depois que tudo isso acabar, porque ao contrário do que muita gente pensa toda essa euforia, dura apenas um dia e no máximo dois, aí sim, pare de reclamar, pare de achar, que Papai Noel, que Deus, que todos os santos tem que resolver os seus problemas.
E pelo amor de Deus, pare de acreditar que Papai Noel vai entrar pela chaminé, e deixar no pé da sua árvore de natal, com bolas coloridas, aquele celular, último modelo, ou um nootbook, já com a nova versão do Windons.
É você que vai ter que correr atrás dos seus desejos. Arregace as mangas e vá a luta, se quer um celular novo ou um nootbook, compre da maneira que ficar mais fácil pra você, divida de 300 vezes, se for o caso, mas pague, pra não ficar com o nome sujo e depois ficar por aí dizendo que não tem sorte.
Tudo bem, eu sei que sonhar faz parte, que é preciso acreditar, que não se pode ser tão realista, sei tudo que os sonhadores de plantão vão dizer, e respeito.
Mas o que eu realmente desejo pra todos os meus amigos, e até pros meus inimigos, neste natal, é que tudo seja de verdade.
Desejo que você seja forte e enfrente de cabeça erguida tudo o que vier, que você não desista, e se insistir em sonhar, porque você tem este direito, esteja preparado para acordar de repente e ver que o cara lá de cima até pode te ajudar, mas você aqui em baixo tem que fazer a sua parte.
Desejo sinceramente que você tenha UM NATAL!
Se ele vai ser feliz ou não só depende de você!

Um grande abraço
Carla Pianchão

4 comentários:

Eliane disse...

Oi bom Dia hoje Me acordei feliz da vida, to endividada, mas trabalho feito uma louca pra pagar tudo, Meu papai noel atende meus pedidos sim, pois ele se chama "Eliane martins", meu sonhos se realizam sim, uns hoje, outros amanhã, é só coloca-los em fila e batalhar por cada um. Entendi seu texto não basta deseja,sonhar e pedir temos que batalhar por tudo que queremos, eu aprendi isso com duas professoras maravilhosas: minha mãe e a vida. Gostei do seu texto e vou ser sincera quis torcer seu pescoço nas primeiras linhas mas a medida que li e compreendi posso dizer que vc falou tudo Brigadão e um beijo no coração
Ps: Suas bolsas são lindas!!!!!

dharana disse...

oi Carla, adorei seu texto,mostra q vc é uma pessoa muito boa e q consegue ver a felicidade nas coisas mais simples e q na mioria das vezes está mais perto do q imaginamos...Seja feliz sempre! Depende só de vc não é mesmo?
bjokas
Dharana

Neli Alves disse...

Lindo!!! É só o que posso dizer.
A realidade é dura, muitas vezes triste, outras desesperadora, mas tem gente, como você, que sabe ver nas entrelinhas e perceber que cada um pode fazer com que o fardo se torne menos pesado, se trabalhar mais, com objetivo claro, com uma meta precisa.
Parabéns! Amei o texto e a sua sinceridade em tocar nas feridas e indicar alguns "medicamentos" para melhora-las.
Bjos e um Feliz Natal para você. Neli Alves

calma que estou com pressa disse...

oi carla! depois de muito clique aqui(o que a ociosidade faz rsrs-sacanagem tua) olha o nome do meu blog calmaque..
mas apesar de ser elétrica, prá ler algo legal eu fico calma e juro li os dois textos até o final - alias eu adoro ler>quem me vê pensa que não , mas adooroo ler! e o teu texto é exatamente o que penso - parece que fica todo mundo meio abobalhado no Natal e ano novo - tudo vai ser lindo>só que daqui ha dez dias chegarão as contas- até acho legal esta transição - o parar prá pensar - fazer um balanço - mas pedir prá Deus que o ano seja maravilhoso é demais prá mim- tem gente que me chama de pessimista - eu chamo de realismo! o livre arbitrio prá que serve - já pensou se a gente botassse tudo nas mãos de Deus(estou cansada de ouvir este chavão) seria tão bom - seria só esperar que ele resolveria- pronto! mas a realidade é que nós temos que por a cara na rua, pagar as contas, engolir sapos, decepções de amigos, familiares,.. e mesmo assim temos que tentar ser feliz e lutar por aquilo que queremos!
credo fiz um post aqui!
o que eu torço prá ti? prá aue tu continue sendo esta mulher lutadora, carinhosa, criativa, mãe coruja, amiga, escritora, o resto vêm por consequência...
bjs