sexta-feira, 5 de junho de 2009

imagino o rio


Fico olhando
Fico pensando
Não estou chorando
Mas de rir... Hoje não tenho vontade
Sinto uma saudade
Sinto falta
Sinto um pouco de frio
Imagino o rio
Fico parada
Totalmente sem nada
Fico ali
Sem saber
Em que momento eu me perdi
Fecho os olhos
Não pra dormir
Apenas para quando eu abrir
Sentir de novo
Vontade
De ir.

Carla Pianchão

Um comentário:

Serões da Inês disse...

Beijinho grande Carla,
continuo a adorar lê-la.
Inês